+351 21 727 20 59 pdrgeral@pdr.email

“É preciso investimento do Estado em sectores estratégicos que seja em si próprio criador de dinâmicas que propiciem o investimento privado porque gera desenvolvimento e emprego”, afirma o presidente do PDR.

A visita ao distrito iniciou-se no Centro Hospitalar da Cova da Beira para sublinhar a necessidade de uma saúde acessível a todos os portugueses e com qualidade “uma saúde que não seja transformada em mercadoria que se vende. Uma saúde que para o Estado moderno deve ser uma obrigação”, sublinha em entrevista à RCB.

No Fundão, na sede da Associação Desportiva do Fundão, clube que milita na primeira divisão do futsal nacional, o candidato quis destacar a ideia de que no interior “há projectos muito bons, pessoas que fazem bem e que podem ombrear com as zonas mais desenvolvidas do país”. Para Marinho e Pinto é fundamental que outros exemplos sejam potenciados “porque é o país que ganha”.

Portugal que tem sido governado nos últimos 40 anos por PS e PSD, agora chegou a hora da mudança

“É altura de mudar. Andamos a ser governados por dois partidos que quando chegamos a eleições fazem gigantescas encenações  entre si de passa culpas: O PS diz que a culpa de todo o mal do país é do PSD e o PSD diz o inverso. Isto é sinónimo de anomia cívica deste povo. Porque se os portugueses fossem mais fortes do ponto de vista cívico já há muito tinha corrido com estes dois partidos e as suas clientelas que estão a empobrecer a olhos vistos, o Estado, o país e os portugueses”, sublinha Marinho e Pinto

O candidato apresenta em Castelo Branco o livro “Tempo de Mudar”, de Orlando Castro, e também , pelas 21:00H, na zona das “Docas” participa na apresentação da lista do PDR pelo círculo eleitoral de Castelo Branco.

Fonte: http://www.rcb-radiocovadabeira.pt/pag/28854#sthash.sgn290rd.4Xj0O0uW.dpuf