+351 21 727 20 59 pdrgeral@pdr.email

A primeira decisão do Tribunal do Funchal foi a da rejeição da lista de candidatos do PDR às eleições regionais de 29 de Março, por o registo do partido ter acontecido depois de aberto o período de candidaturas. O PDR tem outro entendimento e espera que também o tribunal madeirense venha a mudar a sua posição e a aceitar a sua candidatura.

Amanhã a decisão deverá ser conhecida, mas é certo que se continuar a ser de exclusão do PDR, o partido vai recorrer para o Tribunal Constitucional.

A decisão foi anunciada, hoje, em Santo António pelo cabeça-de-lista, João Botas. O PDR percorreu aquela que é a freguesia com mais eleitores do Funchal para fazer sentir que é “um movimento de cidadania”.

Mas o que mais ouviu foram queixas sobre o estado dos serviços de saúde na Madeira, em particular pelas longas listas de espera, em especial no Hospital Dr. Nélio Mendonça. 

Fonte: DN Funchal